Itália decide na quarta-feira se encerra escolas e universidades para coronavírus

O Executivo italiano decidirá “nas próximas horas” se vai ordenar o encerramento a partir desta quinta-feira e até ao final de março de todas as universidades e universidades de toda a Itália, como medida de precaução contra a propagação do coronavírus no país.

A ministra da Educação, Lucia Azzolina, saiu sobre a passagem de informação divulgada por alguns meios e disse que “ainda não foi tomada nenhuma decisão” e que a comissão científica foi convidada a aconselhar o Governo sobre esta crise a “aprofundar” esta possível Meça.

“Veremos se esta decisão (de fechar escolas) é proporcional à paisagem epidemiológica que estamos a viver”, disse Azzolina aos jornalistas.

O encerramento de estabelecimentos escolares e acima de tudo foi uma das medidas recomendadas pelo comité científico criado pelo Governo italiano e que inclui, entre outras coisas, não ser público em todos os eventos desportivos, incluindo o futebol, ou a expansão da “zona vermelha” em quarentena no norte do país.

As escolas e universidades estão fechadas há 13 dias nas regiões de Emilia Romagna, Lombardia e Veneto, as mais afetadas pela epidemia de coronavírus que já causou mais de 2000 contágios e 79 mortes em Itália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *